Os Cadernos de Saúde são o órgão oficial do Instituto de Ciências da Saúde da Universidade Católica Portuguesa.

O seu estatuto redatorial orienta-se pelos valores morais e deontológicos da Universidade Católica Portuguesa, e respeita a praxis ética da comunidade científica internacional.

Os Cadernos de Saúde são uma revista de periodicidade semestral, que tem por objetivo divulgar, de forma transversal e integrada, produção científica original nas áreas das ciências da saúde e da vida.

Serão aceites para publicação artigos originais, artigos de opinião a convite da Direção, artigos de revisão, cartas ao Editor e resumos de projetos de investigação realizados no âmbito de pós-graduações, de dissertações de mestrado ou de doutoramento.

Os artigos acatarão as recomendações éticas da Declaração de Helsínquia, e as normas internacionais de proteção animal.

Os artigos submetidos serão avaliados, anonimamente por dois revisores (Double blind peer review), membros do Conselho Editorial ou outros especialistas convidados, assumindo-se que não foram aceites para publicação em outras revistas.

Os artigos enviados a convite da Direção ficam apenas sujeitos ao estatuto editorial dos Cadernos de Saúde.

As opiniões expressas não são necessariamente coincidentes com as dos órgãos dos Cadernos de Saúde ou do seu proprietário. Assim, estes não podem ser responsabilizados por quaisquer erros ou consequências resultantes do uso da informação impressa na revista.

 

Acesso Aberto

Os Cadernos de Saúde atribuem uma licença Creative Common Atribuição (CC BY) que permite aos leitores ler, descarregar, copiar, distribuir, imprimir, pesquisar, ou referenciar o texto completo dos seus artigos e permite o seu uso para qualquer outra finalidade lícita.

 

Direitos de Autor e Permissões

A revista permite que o(s) autor(es) mantenha(m) os direitos de autor sem restrições e este(s) manterá(ão) os direitos de publicação sem restrições.

 

Taxas de Processamento de Artigos

A revista não aplica taxas de processamento de artigos (APC), nem cobra custos de submissão de artigos.

 

Ferramenta de deteção de plágio

A revista utiliza o software Turnitin como ferramenta de deteção de plágio.