As pinturas do tecto em caixotões do coro-alto da antiga igreja de S. Salvador de Ramalde: investigar para intervir

Main Article Content

Rita Rodrigues
José Ferrão Afonso

Resumo

A nave da Igreja Paroquial de S. Salvador de Ramalde é revestida por um tecto de quarenta e cinco pinturas em caixotões que representam um ciclo historiado, executado por uma companhia artística. No geral, o tecto encontrava-se num estado de conservação considerado instável, com inúmeras patologias na estrutura de sustentação, nas pinturas e nas molduras. Antes da urgente intervenção de conservação e restauro foi importante centrar a investigação em fontes documentais e na história da arquitectura do edifício. Efectuou-se, igualmente, um estudo científico preliminar em dez caixotões correspondentes ao coro-alto, através do recurso a exames e análises, com o objectivo de conhecer os materiais e as técnicas utilizadas, para melhor adequar os métodos de conservação.

Palavras-chave: Tecto em caixotões, Fontes históricas, Pintura, Conservação, Técnicas e materiais

Downloads

Não há dados estatísticos.