Missão e Objetivos

A Ephata é editada pela Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, dando continuidade às revistas editadas pelos seus três núcleos: Theologica (Braga), Didaskalia (Lisboa) e Humanística e Teologia (Porto). O nome da revista traduz o propósito de abertura da Teologia à cultura e a múltiplos saberes, sobretudo em contexto universitário, e evoca o princípio da escuta, inerente à fé cristã.

A revista tem por finalidade fomentar e difundir, nacional e internacionalmente, a investigação científica operada no domínio da Teologia, privilegiando os seguintes aspetos:

- abertura à perceção interdisciplinar, situando a Teologia no quadro sistémico e dialógico dos saberes;

- atenção aos processos contextuais e orgânicos da Cultura, nomeadamente aquela portuguesa e ibero-americana, onde mais ativamente se inscreve;

- inclusão dos seus conteúdos no horizonte dos “Estudos de Religião”, procurando firmar em redes desse âmbito a sua produção científica e circulação;

- acompanhamento da produção científica que se efetua em outros países, assinalando a vocação internacional da revista.

Sem excluir outros leitores, os conteúdos da revista destinam-se preponderantemente a público académico, interessado no desenvolvimento científico das diversas áreas da Teologia.

A periodicidade será de dois números por ano (janeiro e julho).

Cada número basear-se-á num tema monográfico e será coordenado por um ou mais investigadores.

 

Processo de revisão por pares

O processo de avaliação dos artigos enviados à revista Ephata segue a seguinte ordem:

- Análise da adequação aos critérios e normas para publicação na Ephata. Assim, serão devolvidos aos/às autores/as os artigos que: a) o/ autor/a e/ou coautor/a (se houver) não possui a titulação de doutor, com exceção de recensões, cujo tipo de texto pode ter a autoria de doutorandos/as e doutores/as; b) não possuem a forma de artigo científico usualmente praticada nos periódicos e indicada acima: resumo, palavras chaves, abstract, keywords, introdução, conclusão, bibliografia.

- Pré-avaliação, por parte da Equipa Editorial. Nessa fase, o artigo é submetido a aplicativos de verificação de similaridade textual com conteúdos existentes na internet e a uma análise sobre a relevância, qualidade metodológica e científica do texto.

- Avaliação cega por pares (Double blind peer review). Os artigos são encaminhados, sem a identificação do autor, a dois avaliadores da área temática do texto, selecionados pelo(s) coordenador(es) do respetivo número da revista. Para a seleção dos avaliadores e das áreas temáticas, é considerado o conjunto de informações acessíveis na plataforma ORCID ou outras semelhantes. O foco da avaliação levará em consideração as dimensões teórico-crítica e metodológica do texto, tendo em conta a contribuição para a produção, o avanço e a divulgação do conhecimento. O prazo para avaliação é de até 30 dias. No caso de conflito entre posições avaliativas, o artigo poderá ser enviado para outros avaliadores e/ou membros da Equipa Editorial. A decisão final sobre quaisquer conflitos e sobre a publicação do texto é reservada à Equipa Editorial, que levará em conta o conjunto do processo avaliativo e o código de conduta para normas editoriais. Compete ao(s) coordenador(es) de cada número a verificação de que o autor corrige o artigo, de acordo com as eventuais indicações dos avaliadores.

- Conclusão do processo avaliativo: o artigo, uma vez aceite para a publicação, segue para adequação aos padrões do texto impresso. Após tais ajustamentos, o manuscrito será encaminhado ao/à autor/a, para verificação final.

 

Política de Acesso Aberto

A revista oferece Acesso Aberto imediato ao seu conteúdo (Licença Creative Common CC BY). A revista permite aos leitores ler, descarregar, copiar, distribuir, imprimir, pesquisar ou referenciar o texto completo dos seus artigos possibilitando o seu uso para qualquer outra finalidade lícita. Aos autores cabe, tanto a responsabilidade das opiniões expressas nos seus trabalhos, como os direitos de autor sobre os mesmos.
Contudo, para efeito de posterior publicação ou reprodução dos trabalhos publicados nesta revista, o/a autor/a deverá solicitar autorização à revista, assim como fazer menção explícita de que tais trabalhos foram publicados originalmente na revista Ephata.

 

Direitos de Autor e Permissões

A revista permite que o(s) autor(es) mantenha(m) os direitos de autor sem restrições e este(s) manterá(ão) os direitos de publicação sem restrições.

 

Taxas de Processamento de Artigos

A revista Ephata não aplica taxas de processamento de artigos (APC), nem cobra custos de submissão de artigos.

 

Detecção de plágio

Quem desejar publicar em Ephata, compromete-se a que todos os seus textos sejam totalmente originais e a evitar qualquer elemento que possa ser considerado plágio, seja o plágio literal, o mosaico, o parafraseado não citado ou a referência entre aspas, não citada. A revista utiliza o software Turnitin como ferramenta de deteção de plágio.